Confederação Brasileira de Golfe

CBG participa de evento do Sou do Esporte

12 de maio de 2017
20170511_112231

A Confederação Brasileira de Golfe (CBG) participou na última quinta-feira do evento Compliance, Governança e Reputação – Modernizando a Indústria do Esporte no Brasil, organizado pela Sou do Esporte em São Paulo. A Sou do Esporte é uma associação sem fins lucrativos que atua como rede de relacionamento entre atletas, entidades esportivas, poder público e setor privado.

Representaram a CBG o seu presidente, Euclides Gusi, os coordenadores de eventos Ellen Alvares e Daniel Toledo, o coordenador técnico Rodrigo Rangel, a coordenadora financeira Sandra Viana Misevicius, a secretária executiva Angélica Giusti e o gerente de comunicação Henrique Fruet.

As palestras abordaram principalmente o tema de Governança Corporativa na área esportiva. Luis Haas e Luis Felipe M. de Barros falaram sobre o Prêmio Sou do Esporte Governança; os advogados Claudio Mattos, Bruno Drago e Fabyola Rodrigues, do Demares Advogados, falaram de Compliance aplicado ao esporte. O professor Thomas Brull, da Fundação Dom Cabral, deu palestra sobre a governança como atrativo para investimento de empresas privadas.

Magic Paula, Rodrigo Simonato, gerente de assuntos corporativos da Coca-Cola Femsa, e Adolfo Corujo, sócio da Llorente y Cuenca, participaram de um debate sobre reputação no esporte. Depois, Largs Grael falou sobre a experiência da Confederação Brasileira de Vela com a mudança no estatuto que deu direito a voto aos atletas na eleição para presidente da entidade. Por fim, Luiz Lima, secretário nacional de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, falou sobre as perspectivas para o esporte no Brasil.

“O evento trouxe uma série de novas práticas que estão sendo implantadas na área de governança corporativa na área de esportes. Efetivamente, para que a gente esteja ajustado para esse novo momento do esporte e do País, temos que aplicar todas as ferramentas que estiverem disponíveis. O fortalecimento da governança corporativa é algo indispensável. A CBG quer se manter em uma posição de destaque em gestão, sistemas e métodos”, disse Gusi.

Confederação afiliada

Apoio

Mapa do Site