Confederação Brasileira de Golfe

Brasileiros ficam a uma tacada do corte no exterior

10 de fevereiro de 2018
luiza-mechereffe-adilson-canva

Foi por muito pouco: apenas uma tacada separou os três brasileiros que jogaram esta semana no exterior de chegar às finais dos campeonatos que disputavam, todos válidos para o ranking mundial.

A paulista Luiza Altmann, que havia iniciado sua carreira profissional com uma rodada inicial de 68 tacadas (-4 em relação ao par do campo, que é 72) no ActewAGL Canberra Classic, caiu do 5º lugar para o 60º após jogar 78 na segunda rodada. Ela somou um total de +2, e o corte ficou em +1. O torneio é uma etapa do Ladies European Tour (LET), principal circuito do golfe feminino europeu, e acontece no Royal Canberra Golf Club, na Austrália.

Também na Austrália, Adilson da Silva somou +1 nas duas rodadas iniciais do o ISPS Handa World Super 6 Perth, que acontece no Lake Karrinyup CC, em Perth, para também ficar a uma tacada do corte. O torneio é uma etapa conjunta do European Tour e do Asian Tour, do qual ele faz parte.

O outro brasileiro que ficou de fora das finais por apenas uma tacada foi Fernando Mechereffe, que jogava o Club Colombia Championship, etapa do PGA TOUR Latinoamérica na Colômbia. Ele totalizou +1, e o corte foi par do campo.

RESULTADOS DE LUIZA

RESULTADOS DE ADILSON

RESULTADOS DE MECHEREFFE

Confederação afiliada

Apoio

Mapa do Site