Confederação Brasileira de Golfe

Golfe no Brasil

O golfe existe no País desde o início do século 20, e deve seu surgimento à colônia britânica que vivia no País. O São Paulo Golf Club, o mais antigo do país, foi fundado em 1901. O Gavea Golf, fundado em 1921 no Rio de Janeiro, sediou em 1945 o primeiro Aberto do Brasil e recebeu vários jogadores famosos, como Gary Player, que em 1974 bateu o recorde mundial do esporte ao jogar uma volta de 59 tacadas. Tivemos até um presidente golfista: Getúlio Vargas era sócio do Itanhangá Golf Club, também do Rio de Janeiro.

Mesmo com mais de cem anos de tradição no país, o golfe brasileiro tem muito a crescer. Atualmente, o país conta com 117 campos, contra menos de 80 há quinze anos. No mesmo período o número de golfistas praticamente dobrou, e hoje gira em torno de 20 mil, metade deles federados – um crescimento significativo, é verdade, mas ainda bem distante do potencial de crescimento. Basta saber que nossa vizinha Argentina conta com quase 300 campos e mais de 100 mil golfistas.

Até quinze anos atrás, era necessário ser sócio de um clube para dar as primeiras tacadas, com raríssimas exceções. De lá para cá, começaram a surgir no país campos abertos ao público e campos localizados em resorts turísticos.

Programas como o Golfe para a Vida, da CBG, já colocaram em contato com o esporte mais de 90 mil pessoas, a maioria crianças.

GPV COB nas Comunidades mar 16 (11)

 

Confederação afiliada

Apoio

Mapa do Site