Confederação Brasileira de Golfe

Luiza Altmann conquista a 3ª colocação no Florida Women’s Open

14 de agosto de 2018
CORTADA_Luiza Altmann_Florida Women

A paulista Luiza Altmann, 20 anos de idade, que estreou este ano como profissional, conseguiu um expressivo resultado para o golfe brasileiro no último final de semana, nos Estados Unidos. Com 213 tacadas (73-70-70), três abaixo do par, ela foi a terceira colocada no Florida Women’s Open, um dos torneios mais importantes da FSGA, a Associação de Golfe do Estado da Flórida, no circuito profissional. Sandra Ângulo Minarro com 206 tacadas (10 abaixo), foi a campeã. Sandra Changkija, com 208 (8 abaixo), foi a segunda colocada.

“A competição começou com 128 mulheres jogando. Depois do primeiro dia, eu estava em 15º; no segundo, fui pra 7º; e terminei em 3º. O resultado foi muito bacana porque mostra que meu jogo está evoluindo, que os treinos que tenho feito estão dando resultados”, disse Luiza.

O desempenho da brasileira ganha ainda mais relevância porque o Florida Women’s Open contou com a participação de jogadoras da LPGA. Luiza conseguiu terminar à frente de uma delas, Jessy Tang.

“Uma das jogadoras da LPGA é a que ganhou, e a outra ficou em quarto lugar. Foi uma competição de alto nível”, afirmou Luiza.

Na primeira volta, Luiza conseguiu 2 birdies e cometeu 3 bogies, terminando o dia com 73 tacadas. Na segunda, foram 5 birdies, 3 bogies e 70 tacadas, desempenho idêntico ao da terceira volta, em que também fez 70 tacadas, 5 birdies e 3 bogies. O mau tempo foi um dos fatores que atrapalharam o desempenho no campo do Quail Creek Country Club.

“O torneio foi complicado. Nesses três dias de jogos, o campeonato foi suspenso sete vezes por conta da chuva. Isso dá uma prejudicada no ritmo de jogo. Depois das pausas, eu senti um pouco de dificuldade de retomar o ritmo e acabei fazendo uns bogies que não gostaria de ter feito”, analisou.

Atualmente, Luiza aparece na 994ª colocação no Rolex Rankings, e é a terceira melhor golfista brasileira da lista. A brasileira mais bem posicionada segue sendo Victoria Lovelady, em 873º lugar, seguida por Luciane Lee, em 921º. O ranking mundial servirá de base para o ranking olímpico, que indicará vagas para Tóquio 2020.

Confederação afiliada

Mapa do Site