Youtube Facebook Twitter Flickr Instagram Contato

Confederação Brasileira de Golfe

CBGolfe tem alteração na diretoria para ciclo de 2019/20

10 de janeiro de 2019

O segundo mandato de Euclides Gusi na presidência da CBGolfe iniciou em 1º de janeiro de 2019, com uma alteração na diretoria para o ciclo de 19/20: Ricardo de Rose assumiu a vice-presidência no lugar do Francisco Costa e Silva. Osmar da Costa Sobrinho segue no cargo de vice-presidente.

Com isso, além de Gusi, presidente, e dos vices Ricardo de Rose e Osmar da Costa Sobrinho, a CBGolfe tem em sua diretoria os seguintes nomes: Daniel Neves, diretor internacional e de regras, Gustavo Vicenzotto, diretor de marketing, Roberto Gomez, diretor técnico, e Francisco Costa e Silva, diretor institucional. O cargo de diretor administrativa, no último ciclo foi ocupado por De Rose, segue em aberto.

Fazem parte ainda da diretoria os conselheiros fiscais eleitos: Odecio Lenci, Paulo Sérgio Guedes Pacheco, Celso Luiz Pereira Mendes (efetivos), além dos suplentes Joel Carneiro da Silva, Gilmar Madureira.

Com a alteração do estatuto, agora todas as federações têm direito a voto, e ainda indicarão um atleta amador masculino e uma atleta amadora feminina para compor o novo colégio eleitoral – sendo os dois escolhidos por voto das federações dentre os indicados, além do representante dos profissionais. Da mesma forma, os Árbitros também indicarão seu representante.

Vale ressaltar que a CBGolfe fez a aprovação do seu novo estatuto em assembleia realizada no fim de 2018, visando a aprovação nas portarias 115 e 341, com o objetivo de renovar sua certificação junto ao Ministério do Esporte. A entidade informa que a mesma foi deferida, sem nenhuma diligência.

Confederação afiliada

Comitê Olímpico do Brasil

Mapa do Site