Confederação Brasileira de Golfe

Argentino Molina supera Ronaldo por uma tacada e vence CBG Pro Tour Brasília

11 de maio de 2013

O golfista paulista Ronaldo Francisco perdeu o título da Etapa Brasília do Circuito Brasileiro de Golfe (CBG Pro Tour) apresentado pelo HSBC para o argentino Mauricio Molina. Ambos começaram a rodada final, disputada neste sábado no Clube de Golfe de Brasília (DF), empatados em primeiro, mas Molina superou Ronaldo por apenas uma tacada. 

Molina praticamente assegurou sua vitória ao marcar um eagle (dois abaixo do par do buraco) no buraco 16, quando Ronaldo fez um birdie (um abaixo). Até então, Molina, Ronaldo e o argentino Francisco Ojeda vinham bastante parelhos. No final, Molina somou 207 tacadas, contra 208 de Ronaldo, que fez um birdie no último buraco para garantir sua posição de vice-campeão e superar Ojeda, que fez par no 18 e terminou com 209.

“Usei muita estratégia. Fui muito conservador nas primeiras tacadas de todos os buracos, e só era agressivo quando me sentia seguro. O campo é muito bonito e difícil”, disse o campeão Molina, natural de Córdoba, na Argentina. Em todo o torneio, ele fez apenas quatro bogeys.

“Tive muitas dificuldades nos meus tiros iniciais, e isso foi tirando a minha confiança. Poderia ter jogado muito melhor, mas estou feliz com o resultado, ainda mais que é o primeiro torneio depois que alterei o meu swing”, disse Ronaldo, referindo-se às alterações que fez no movimento realizado para efetuar a tacada.

O quarto colocado foi o paranaense Marcos Silva, que somou 210 tacadas, seguido pelo paraguaio Ramon Franco, com 211, pelo argentino Sergio Acevedo, com 210, e pelos brasileiros Alex Sandro Leite (SP) e Daniel Stapff (PR), ambos com 214. Disputaram a final os 20 melhores classificados do torneio, que contou com 58 jogadores.

A Etapa Brasília distribuiu R$ 100 mil em prêmios, sendo R$ 22 mil para o campeão, e valeu para o ranking da Confederação Brasileira de Golfe (CBG), que organizou o evento em parceria com a IMX. Trata-se do mais importante circuito de golfe brasileiro, que em seu terceiro ano consecutivo de existência terá outras quatro etapas.

O CBG Pro Tour é apresentado pelo HSBC e tem também como patrocinadores a Sete Brasil, a Sportv, a Nespresso, a Embrase e a YKP, além de apoio da Klabin e TAM Viagens. O CBG Pro Tour conta com recursos da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte. O evento é uma realização da Confederação Brasileira de Golfe (CBG) e organização da IMX.

Desenvolvimento do golfe – Na tarde deste sábado, mais 40 crianças de três Centros Olímpicos do Distrito Federal tiveram aulas de golfe no Clube de Golfe de Brasília. Elas fazem parte do programa Golfe Para a Vida, apresentado pelo HSBC.

A ação fez parte da segunda fase do programa, que começou com o treinamento dos professores dos Centros Olímpicos. Eles detectam talentos e crianças interessadas no esporte e os enviam para os clubes de golfe locais. “Gostei muito e estou muito empolgada para voltar para poder jogar de novo. Já tive aulas no centro, mas aqui no clube é mais emocionante”, disse Luana Sousa, de 14 anos, de Ceilândia.

Com o patrocínio do HSBC e apoio técnico-financeiro do R&A, entidade máxima do golfe mundial, o programa de treinamento já foi desenvolvido em três cidades brasileiras (Curitiba, Porto Alegre e Brasília), atingindo cerca de 70 professores e mais de 20 mil crianças. O programa tem o patrocínio do HSBC e conta com recursos do Ministério do Esporte, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Sobre o HSBC – HSBC Bank Brasil: é uma subsidiária integral da HSBC Holdings, um dos maiores conglomerados financeiros do mundo. Com sede em Londres, o Grupo HSBC atua em 83 países das Américas, Europa, Ásia, Hong Kong, Oriente Médio e Oceania. Em 31 de dezembro de 2012 registrou lucro líquido de R$ 1,3 bilhão.

Sobre a CBG – Entidade máxima do golfe no Brasil, a Confederação Brasileira de Golfe foi criada em 1957 com o nome de Associação Brasileira de Golfe, mudando para o nome atual em 1976. Hoje a CBG agrega oito federações e 117 campos afiliados. Em um cenário especial para o esporte no país, a entidade trabalha em conjunto com seus associados para incentivar a formação de novos talentos, assim como desenvolver e suportar atletas de alto rendimento e fomentar a maturidade técnica da modalidade.

Sobre a IMX – Com sede no Rio de Janeiro e conexões internacionais, a IMX, Joint-venture entre os Grupos EBX e IMG Worldwide, tem como objetivo ser uma das principais empresas do setor na América do Sul. As áreas de atuação dividem-se em quatro pilares: Eventos (criação, produção e promoção de eventos esportivos e entretenimento ao vivo), Serviços (gerenciamento de talentos, consultoria em marketing esportivo e Hospitality), Digital (venda de ingresso e distribuição de conteúdo) e Venues (gestão e operação de estádios, arenas e outros espaços para eventos). Através do braço IMX Live firmou sociedade com a empresa Rock World S.A, do empresário Roberto Medina, para expansão da marca Rock in Rio, em uma das maiores operações até então realizadas na indústria do entretenimento no Brasil.

Confederação afiliada

Comitê Olímpico do Brasil Internacional Golf Federation R&A Federacion Sudamericana de Golf Comitê Brasileiro de Clubes

Parceiros

Patrocinadores

Premiações

Mapa do Site