Youtube Facebook Twitter Flickr Instagram Contato

Confederação Brasileira de Golfe

Alexandre Rocha volta a competir em etapa do LocaliQ; Adilson da Silva e Rodrigo Lee jogam na África e nos EUA

02 de setembro de 2020

Nesta terça-feira, 1º de setembro, Alexandre Rocha voltou a disputar um torneio, após longa pausa por conta da pandemia. O golfista paulista entrou em campo no The Invitational at Auburn University Club, do circuito LocaliQ Series, organizado em 2020 pelo PGA Tour para atletas que disputam os circuitos Lationoamerica, PGA Canadá e PGA China. Rocha, que venceu a única etapa do ano do Latinoamérica, o Estrella del Mar Open, disputada em março, compete até esta quinta, 3, no Alabama, EUA.

Veja mais informações em: https://www.pgatour.com/la/en/tournaments/the-invitational-at-auburn-university-club.html

Outros profissionais brasileiros também jogam nesta semana. Brasileiro mais bem colocado no Ranking Mundial, em 326º lugar, Adilson da Silva tenta manter a boa fase, após um sexto lugar e um vice-campeonato nos dois primeiros torneios da temporada 2020/21. Em busca de pontos na corrida por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, ele disputa de 2 a 4 de setembro o Titleist Championship, terceiro de cinco torneios da Rise-Up Series, do Sunshine Tour. “Estou muito empolgado, vou disputar todos os torneios do Rise-Up, até porque na Ásia não teremos nada antes de outubro”, afirma Adilson da Silva.

Veja mais informações em: https://sunshinetour.com/tournament-2/?tourn=STT3&season=220S

Já Rodrigo Lee, no Korn Ferry Tour, disputa o  Lincoln Land Championship, de quinta, 3, a domingo, 6, no Panther Creek Country Club, em Springfield, Illinois (EUA). Lee vem de bons resultados no circuito, tendo passado dois cortes consecutivos. Com isso, o brasileiro melhorou sua prioridade de inscrição e conquistou vaga para jogar os cinco torneios finais deste ano.

Como na última semana o brasileiro não havia entrado na lista dos Playoffs do Korn Ferry Tour, disputou e venceu um torneio da Minor League profissional dos Estados Unidos. “Fiquei aqui na Flórida jogando todos os Minor League’s que pude. Tive bons resultados, com dois segundos lugares e o título no último que joguei, de três dias, com um total de 15 abaixo do par. Além de ganhar confiança, foi importante para ganhar também um pouco de dinheiro para me manter aqui nos EUA também. Agora vamos para mais uma etapa do KFT com confiança”, ressalta Lee.

Veja mais informações em: https://www.pgatour.com/korn-ferry-tour/tournaments/lincoln-land-championship/tee-times.html

 

Confederação afiliada

Comitê Olímpico do Brasil Internacional Golf Federation R&A Federacion Sudamericana de Golf

Premiação 2019

Mapa do Site