Youtube Facebook Twitter Flickr Instagram Contato

Confederação Brasileira de Golfe

Presidente do COB visita a CBGolfe para tratar sobre os Jogos Olímpicos, gestão e o crescimento do esporte no Brasil

06 de fevereiro de 2020

Na tarde desta quinta-feira (06), Paulo Wanderley, presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), esteve na sede da Confederação Brasileira de Golfe (CBGolfe), para conversar com o presidente Euclides Gusi. Na pauta, o crescimento da modalidade no país durante os últimos anos, Jogos Olímpicos e outros temas de interesse, como gestão.

Dentro deste ciclo olímpico para Tóquio 2020, a Confederação Brasileira de Golfe aumentou sua projeção no cenário nacional. Durante esses quase quatro anos, a CBGolfe deixou de ser uma entidade com pouca visibilidade e passou a ser reconhecida por sua gestão, ética e transparência. Com o engajamento que teve no projeto GET, a Confederação foi reconhecida pelo prêmio do Sou do Esporte, entidade independente que avalia o desempenho das organizações e confederações no esporte.

“Foi um encontro importante e extremamente proveitoso. Conversamos sobre o crescimento do Golfe e a visibilidade que a confederação ganhou pelo trabalho realizado dentro e fora dos campos”, comentou Euclides Gusi. “Quando entrei para a Confederação, minha primeira missão foi organizar a casa. Hoje podemos nos orgulhar por estar em primeiro lugar no ranking de Transparência do COB, sendo a entidade com maior número de documentos publicados, além de termos sido reconhecidos pelo Prêmio Sou do Esporte, mostrando que todo nosso trabalho está tendo resultados”, finalizou Gusi.

Confederação afiliada

Comitê Olímpico do Brasil

Mapa do Site